Bruna Hellen Ricardo

ECOLOGIA DA INVASÃO BIOLÓGICA DE Pinus spp. NO PARQUE ESTADUAL RIO CANOAS – SC

Resumo:

A invasão biológica é um processo no qual uma espécie exótica invade um ecossistema e passa a naturalizar-se e a dispersar-se neste meio, sendo esta a segunda maior ameaça mundial à biodiversidade. As espécies exóticas invasoras são um problema mundial, se fazendo presente em diversos ambientes, inclusive em áreas protegidas. No Parque Estadual Rio Canoas, local objeto do presente estudo, ocorre um processo de Invasão Biológica por Pinus spp., consequência do histórico de uso dessa espécie em atividades econômicas na área em momento anterior a criação da Unidade de Conservação. O gênero Pinus integra hoje a Lista Oficial de Espécies Exóticas Invasoras no Estado de Santa Catarina. O Projeto tem por objetivo avaliar a dinâmica da contaminação biológica de Pinus spp no Parque Estadual Rio Canoas-SC, propondo estratégias de controle que considerem o contexto local. A caracterização será realizada através de avaliações que identificam os diferentes usos da terra na Zona de amortecimento do parque, inventário florestal dentro da Unidade de Conservação, identificação de diferentes níveis de invasão, avaliação do grau de resiliência de áreas ocupadas por Pinus spp e por áreas suscetíveis à bioinvasão, sendo feita através de coleta e avaliação de germinação de banco de sementes e análise de dispersão por meio de coleta de chuva de sementes. Com base nos dados coletados será elaborada uma proposta de erradicação do Pinus spp dentro da Unidade de Conservação, identificando as medidas viáveis para uma futura execução, e possíveis métodos de prevenção da bioinvasão, colaborando dessa forma para o atendimento do Plano de Manejo da Unidade.

 

Data e horário da apresentação pública do Projeto de Dissertação: 24/08/2017 as 14h.

Local: 403