Luciane Teixeira Stanck

Produção de Gladíolo em sistema conservacionista.

Resumo:

A conservação do solo é considerada um dos aspectos mais importantes da agricultura moderna, pois é um dos elementos fundamentais de sustentação dos sistemas agrícolas e naturais. Porém, no decorrer dos últimos anos, práticas agrícolas intensivas de manejo do solo aumentaram a degradação desse recurso natural. Na agricultura uma dessas práticas é o sistema convencional, que traz diversas desvantagens ao solo, dentre elas a erosão. Esse manejo é utilizado no cultivo do gladíolo, em que, geralmente, o preparo do solo é intensivo para formação de canteiros. Diante dos problemas relacionados ao revolvimento do solo adotado por essa prática não conservacionista e também da falta de estudos relacionado ao cultivo mínimo na área da floricultura, estudos abordando diferentes sistemas de cultivo com a cultura do gladíolo são essenciais para a conservação dos solos utilizados para o cultivo de flores. O objetivo geral do trabalho será caracterizar o crescimento, desenvolvimento e a qualidade de hastes de gladíolo sob diferentes sistemas de cultivo em Santa Catarina. Serão realizados experimentos de campo em três locais de Santa Catarina representativos das Zonas Agroecológicas do Vale do Rio do Peixe e Planalto Central, Alto Vale do Rio Itajaí e no Vale do Rio Uruguai. As áreas experimentais serão na Universidade Federal de Santa Catarina campus de Curitibanos; no Instituto Federal Catarinense (IFC) em Rio do Sul e no IFC em Concórdia. O gladíolo será cultivado em três sistemas de cultivo, em canteiros onde há revolvimento intensivo do solo, em canteiros com mulching de polietileno e em cultivo mínimo. Em todos os sistemas de cultivo as plantas serão cultivadas em fileiras pareadas Serão utilizadas duas cultivares de gladíolo, Amsterdam e Red Beauty. Para as análises fenométricas, fenológicas e qualidade de hastes serão marcadas 12 plantas na área central de cultivo. Quando as plantas atingirem o ponto de colheita (R2) serão realizadas as análises morfológicas de folhas e a qualidade das hastes florais. Espera-se que o gladíolo cresça e se desenvolva plenamente nos diferentes locais e sistemas de cultivo produzindo hastes florais de qualidade.

 

Data e horário da apresentação pública do Projeto de Dissertação: 25/08/2017- 14: 00h

Local: UFSC– 403