Pedro Henrique da Silva Medrado

COMUNIDADE DE FUNGOS DE SOLO: ANÁLISE DAS RELAÇÕES COM FATORES AMBIENTAIS E POTENCIALIDADES COMO AGENTES DE CONTROLE BIOLÓGICO

Resumo:

Os Fungos são microrganismos responsáveis por desempenharem uma variedade de processos ecossistêmicos importantes como decomposição de matéria orgânica e ciclagem de nutrientes, além de atuarem como mantenedores basais das funções dos ecossistemas em conjunto com outros microrganismos e macro-invertebrados do solo. Possuem uma complexa habilidade de adaptação ao ambiente e contam com mecanismos bioquímicos e morfológicos que norteiam suas interações ecológicas. Na busca por informações a respeito das relações existentes entre os fungos de solo, as características ambientais e a competição entre diferentes espécies de fungos, o presente trabalho visa compreender o comportamento da comunidade de fungos de solo através da quantificação de Unidades Formadoras de Colônias (UFCs) de fungos conidiais a partir de um gradiente ambiental com diferentes características físico-químicas e de uso e conservação do solo, bem como prospectar possíveis espécies que possam atuar como antagonistas de fitopatógenos. Para isso, serão realizadas coletas de amostra de solo em pontos distantes 125 m entre si, ao longo de um transecto de 2120 m englobando dois tipos de ecossistemas: natural e agrícola. Para cada amostragem de solo serão realizadas a quantificação das UFCs através do método de diluição seriada em meios de cultura BDA e V8. Todas as colônias quantificadas serão repicadas, isoladas, identificadas e herborizadas na Micoteca do Laboratório de Fitopatologia da UFSC, em Curitibanos-SC, para depois serem utilizadas nos testes de controle biológico contra Sclerotinia sclerotiorum, Sclerotium rolfsii, Sclerotium cepivorum, Fusarium verticillioides e Fusarium graminearum. As análises de autocorrelação serão realizadas para todas as variáveis físico-químicas do solo, seguidas da crosscorrelação entre elas e a quantidade de UFCs em cada ponto de coleta, através do software R. Já o controle biológico será avaliado pelos valores obtidos dos índices de velocidade do crescimento micelial e da área abaixo da curva de crescimento micelial.

 

Data e horário da apresentação pública do Projeto de Dissertação: 23 DE AGOSTO DE 2017 (QUARTA-FEIRA), HORÁRIO: 8:00 h.

Local: CBS01-SALA 305.