Manejo integrado de sistemas agrícolas e florestais

Projetos em desenvolvimento e docente responsável :

Docente Projeto Descrição
Alexandre ten CateníndiceGBfhn7j7 Quantificação de atributos do solo por espectroscopia de reflectância difusa A possibilidade de aplicar o Mapeamento Digital de Solos (MDS) constitui-se em uma oportunidade promissora para o mapeamento de propriedades e classes de solos. A proposição de modelos preditivos em MDS demanda que dados sobre o solo estejam disponíveis para o ajuste desses modelos. A aplicação da técnica de Espectroscopia de Reflectância Difusa (ERD) à Pedologia permite que através de uma única amostra radiométrica uma série de constituintes do solo sejam simultaneamente caracterizados. Este projeto insere-se na linha de Sensoriamento Proximal do Solo em desenvolvimento pelos pesquisadores de Ciência do Solo ligados à Pedometria.
Carla Eloize Carducciíndice Atributos físico-hídricos do solo sob cultivo de araucária no município de Curitibanos-SC: relação entre a qualidade física do solo e o desenvolvimento das progênies Araucaria angustifolia, é uma espécie nativa da floresta ombrófila mista conhecida como pinheiro do Paraná foi intensamente explorada, ao ponto de exaustão de suas reservas naturais no final da década de 80. O crescimento e desenvolvimento da araucária é dependente de boas condições físico-hídricas e químicas do solo, é uma planta altamente exigente em água e nutrientes. Em áreas com boas condições físicas, pode apresentar incrementos significativos na qualidade da madeira além do caráter de preservação ambientais dessa cultura, devido seu emprego em reflorestamentos com fins comerciais.
Dinâmica da água para o estudo fenológico do linho (linum usitatissimum l.) em Cambissolo húmico no Planalto Catarinense Com uma perspectiva de crescimento em área cultivada para 2.729,1 mil ha-1) e produção média de 2021 mil ton-1 o linho (Linum usitatissimum L.) é utilizado na entressafra de culturas como soja e milho ou em rotação com culturas de verão, na região sul do país. A linhaça tem mercado promissor, tanto para produção de alimentos, óleos essenciais como na produção de energia, como o biodiesel. Dessa forma, o conhecimento dos fatores climáticos associados às condições físico-hídricas do solo se faz necessário para atender as exigências da planta, fazendo com que esta explore da melhor forma possível os recursos edáficos o que irá contribuir para seu bom desenvolvimento, fundamental para mapear as melhores opções agrícolas para cada região produtora.
Greicy Michelle M. ConteratoíndiceGBfhn7j7unnamed Avaliação da toxicidade de herbicidas a base de glifosato em células foliculares de bovinos A toxicidade dos herbicidas à base de glifosato em organismos não alvos tem sido frequentemente relacionada à indução do estresse oxidativo e à disrupção endócrina. Assim, este estudo busca avaliar os efeitos de formulações à base de glifosato sobre células da granulosa de folículos ovarianos de bovinos, através da utilização de parâmetros endócrinos, oxidativos e genotóxicos. Espera-se se que os dados obtidos, contribuam para o entendimento dos efeitos tóxicos, bem como para a elucidação dos mecanismos da toxicidade do glifosato na função de células ovarianas de mamíferos. Coordenadora.
Caracterização toxicológica de fármacos de uso veterinário contaminantes de águas de consumo humano O amplo uso dos fármacos de uso veterinário na produção animal tem resultado na introdução desses agentes químicos no meio ambiente, os quais embora menos persistentes do que os contaminantes convencionais, podem representar riscos aos ecossistemas e à saúde humana. A fim de contribuir com o fornecimento de dados toxicológicos ainda não disponíveis, o presente projeto se propõe a avaliar o potencial neurotóxico, genotóxico e oxidativo de alguns fármacos de uso veterinário na produção animal em modelos de exposição aguda e subcrônica em peixe-zebra (Danio rerio). Coordenador.
Leosane Cristina BoscoíndiceGBfhn7j7unnamed Crescimento e desenvolvimento de genótipos de alho cultivados no Planalto Catarinense.
No Brasil, poucas pesquisas estão sendo desenvolvidas para caracterizar a influência agrometeorológica na produtividade da cultura do alho e consequentemente propor formas de manejo adaptadas para cada região produtora. O objetivo desse projeto é avaliar e caracterizar o crescimento e desenvolvimento de genótipos de alho cultivados no Planalto Catarinense. As cultivares de alho utilizadas são Ito, Chonan e São Valentin. São realizadas quatro épocas de plantio em cada ano de modo que haja plantas crescendo e desenvolvendo antes, durante, e após a época recomendada para a cultura e assim, expostas a diferentes condições térmicas e fotoperiódicas. São avaliadas condições edafoclimáticas, características fenométricas, fenológicas, fisológicas e o rendimento das plantas de alho.
Crescimento, desenvolvimento e modelagem da cultura do gladíolo O objetivo desse projeto é caracterizar crescimento e desenvolvimento do gladíolo e simular seu desenvolvimento a partir do modelo matemático Phenoglad para condições de Curitibanos, SC. Serão realizados experimentos a campo com sete cultivares de gladíolo cultivadas em diferentes épocas de semeadura. Para avaliação do crescimento de plantas a campo são analisadas as variáveis número de folhas emitidas, área foliar e a massa seca em diferentes estádios de desenvolvimento. Em termos de desenvolvimento de plantas são avaliados aspectos fenológicos, caracterizando-se os estádios vegetativos e reprodutivos. Com base nos resultados das simulações será possível prever a data de ocorrência dos principais estágios fenológicos da cultura do gladíolo. Essa informação será útil no planejamento do manejo e dos tratos culturais da cultura, além de auxiliar o produtor no planejamento da melhor época de plantio dos cormos para ter plantas prontas para a colheita nas épocas de pico de consumo das hastes de gladíolo no mercado.Phenoglad: http://coral.ufsm.br/phenoglad/index.php,https://www.facebook.com/PhenoGlad/?fref=ts
Linhaça: potencial de cultivo em ecossistemas agrícolas da região sul do Brasil A diversificação de cultivos nas áreas agrícolas do Brasil é essencial para melhorar os agroecossistemas, diminuir o uso de insumos agrícolas e agregar valor aos produtos. Dentre espécies alternativas para serem estudadas na região Sul do país, a linhaça destaca-se por se adaptar a clima frio, ser cultivada no inverno, necessitar de baixas quantidades de insumos, não necessitar de maquinários específicos e ser adaptada em regiões com diversidade de latitudes e tipos de solo. Além disso, as práticas de manejo e tratos culturais na linhaça são mínimos, por isso é uma cultura utilizada na rotação de culturas com objetivo de recuperar desgastes físicos, químicos e biológicos do solo. O objetivo desse projeto é caracterizar o crescimento, desenvolvimento e a produtividade de linhaça em ecossistemas agrícolas da região sul do Brasil. São avaliados aspectos fenométricos, fenológicos, de produtividade, qualidade fisiológica da semente e qualidade físico-química do óleo de linhaça marrom e dourada cultivada em diferentes épocas de semeadura e em diferentes locais de cultivo da região sul do Brasil.
Cesar Augusto MarchioroíndiceGBfhn7j7 Desenvolvimento e validação de modelos fenológicos para insetos pragas A temperatura é considerada o principal fator ambiental que influencia o desenvolvimento, sobrevivência, reprodução e, consequentemente, a dinâmica populacional de insetos. Nesse contexto, diversos modelos foram desenvolvidos com o objetivo de descrever adequadamente a relação entre temperatura e os parâmetros biológicos que afetam diretamente o crescimento populacional de insetos. Esta informação é utilizada no desenvolvimento de modelos fenológicos, que podem ser empregados para a predição da ocorrência de insetos pragas em campo, facilitando a adoção de medidas de controle. Este projeto tem por objetivo desenvolver e validar modelos fenológicos para previsão da ocorrência de insetos pragas de diferentes culturas na região subtropical do Brasil.